Reformas

» »
  • Reformas

Você pretende fazer uma reforma em casa, mas não sabe por onde começar e nem o que priorizar? A Uniteng Engenharia sugere a você 5 dicas preciosas de como manter todas as fases sob controle. 

1 - Planeje sua reforma e gastos - Contratar um projeto pode salvar sua obra e seu bolso! No papel, todos os itens devem estar especificados, desde o modelo das luminárias até a quantidade, tipo e paginação dos pisos. Com isso definido em papel, você poderá ter uma tomada de preços mais eficiente e economizar na hora de contratar, pois terá garantido que o orçamento está sendo feito a partir de uma ideia definida.

2 - Procure um profissional com antecedência - O planejamento e o projeto exigem um tempo de desenvolvimento e devem entrar no planejamento do prazo da obra. Se você quer ter uma piscina linda no verão, comece a planejá-la em meados de junho. Se pretende ter um gazebo com lareira, pode iniciar o projeto em pleno verão. Além disso, atenção ao contratar, procure sempre pessoas capacitadas. O faz-tudo, em geral, não é a melhor opção, pois não é especializado. Pesquise empresas  conceituadas ou com amigos que já contrataram algum serviço.

3 - Fique atento as adversidades - Mesmo montando o cronograma, é muito difícil estabelecer prazos para o término da obra quando falamos em reforma, porque situações inesperadas podem acontecer. Por exemplo, pode haver a indisponibilidade de algum produto, falta de mão de obra, atrasos nos prazos de entrega de fornecedores ou mesmo algum imprevisto no imóvel, como um problema não aparente.

4 - Transtornos fazem parte da reforma - Se você pretende reformar sem desocupar o imóvel é bom ter plena ciência de que morar numa obra tem muitos inconvenientes, como pessoas o tempo todo circulando pelo imóvel, poeira e o impedimento de circulação em alguns cômodos da casa.

5 - Evite colocar vários fornecedores trabalhando juntos - Isso não é bom. Dificulta o controle da qualidade dos trabalhos e muitas vezes um acaba prejudicando o trabalho do outro. E não esqueça! Guarde os contratos, todas as notas fiscais de compras, recibos e orçamentos para evitar dores de cabeça.